Você, certamente, já deve ter ouvido aquela famosa frase de Mário Quintana, que diz que o segredo não é correr atrás das borboletas, mas cuidar do seu jardim para que elas venham até você.

Metáforas à parte, se você tem um espaço verde na sua casa e quer borboletas, pássaros e joaninhas aparecendo por lá, é preciso investir em técnicas de manutenção do jardim.

Zelar rotineiramente pela limpeza e preservação desse espaço é importante para garantir que todo o projeto paisagístico feito para o local não se desfaça e aquele “encanto” inicial não se perca com o tempo, levando embora todo o investimento financeiro feito pelo cliente.

Quer saber como manter seu jardim sempre bonito e majestoso? Então, continue a leitura e confira nossas superdicas!

Como fazer a manutenção do jardim

Realize a rega sistemática

Receber orientações de um profissional especializado é imprescindível para que você saiba exatamente a forma, a frequência e a volume da rega para cada espécie de planta. Entretanto, há algumas dicas gerais que servem para qualquer ocasião. Confira a seguir:

  • para evitar choques térmicos, as plantas devem ser regadas sempre com água em temperatura ambiente;
  • somente a base da planta deve ser molhada e não suas folhas, pois a umidade pode provocar doenças;
  • em geral, as plantas que ficam expostas diretamente ao sol devem ser regadas entre uma e duas vezes por semana, mas é preciso observar a reação de cada planta;
  • as plantas que ficam em locais com muita incidência de ventos tendem a ficar mais secas e, por isso, precisam de rega mais constante;
  • as primeiras horas da manhã e as últimas horas da tarde (após as 15h) são os melhores períodos para fazer a rega das plantas.

Busque orientação profissional

Como foi dito, cada espécie de planta existente no seu jardim exige um cuidado diferente. Por isso, é fundamental que um paisagista ou outro profissional da área oriente a manutenção. É ele quem vai saber, por exemplo, quando e como retirar as plantas daninhas e se é melhor fazer isso manualmente ou com o uso de uma enxada. Ele também saberá quantas vezes por ano a terra deve ser adubada, pois isso dependerá do tipo da planta.

Além disso, pelo menos uma vez por mês, você precisará de um profissional que aplique no jardim certos produtos indicados para combater fungos e pragas e ainda realize a poda de manutenção das plantas. Essas tarefas não podem ser feitas por leigos, pois se realizadas de maneira errada podem causar a morte da planta e ainda colocar em risco a saúde dos moradores da residência.

Confie nas empresas especializadas

Uma decisão que costuma ser eficaz é contratar uma boa empresa de paisagismo, capaz de propor soluções personalizadas para cada tipo de jardim, levando em consideração o clima local, o estilo de arquitetura do imóvel, a profundidade do solo, a interferência dos recursos naturais (ventos, chuvas, luz, etc.) e ainda a personalidade dos proprietários.

Para que o projeto seja um sucesso, a empresa precisa, além de respeitar os desejos e necessidades do cliente, utilizar técnicas de jardinagem e paisagismo que respeitem as leis da natureza.

Ademais, o profissional que se dispor a fazer esse trabalho precisa ter um profundo conhecimento da flora brasileira, e é isso que você deve levar em consideração na hora de escolher a empresa que será responsável por concretizar o seu sonho de ter um belo jardim no quintal de sua casa!

E então, entendeu agora a importância de se fazer a manutenção do seu jardim? Se ficou alguma dúvida, entre agora mesmo em contato conosco. Teremos o mais prazer em atendê-lo!

Escreva um comentário

Share This