Com a urbanização cada vez mais forte, o paisagismo se torna mais necessário. Isso porque o verde realça as formas, humaniza e torna o ambiente mais acolhedor. Apesar dos benefícios, é normal ter dúvidas sobre o que é paisagismo e quais são as suas reais vantagens em uma casa.

Além de proporcionar maior contato com a natureza, ele valoriza o imóvel, oferecendo qualidade e conforto ao uso do espaço. Entenda mais sobre isso nesse texto que preparamos para você!

O que é paisagismo?

É o estudo da composição da paisagem como complemento da arquitetura. Para isso, utiliza áreas verdes nos espaços abertos não construídos e áreas de circulação: entrada, saída, escadas, áreas sociais e de lazer (piscinas, churrasqueiras).

Funciona como complemento ao projeto de arquitetura, disfarçando as imperfeições e gerando um diálogo da obra com a área externa. Trabalha com elementos de botânica, ecologia e estilos arquitetônicos.

Antes de qualquer modificação, o projeto paisagístico estuda as mudanças climáticas da região para escolher a vegetação que se adapta melhor à iluminação e ao solo.

Paisagismo é o mesmo que jardinagem?

Não. Embora o primeiro conceito englobe o segundo, não são a mesma coisa. Os profissionais, as ferramentas e a forma de trabalho são diferentes.

Normalmente, o paisagismo é realizado por um profissional da área de arquitetura e urbanismo, mas também pode ser exercido por botânicos, agrônomos e biólogos especializados.

Já a jardinagem é responsável por dar forma e manutenção ao projeto paisagístico. O jardineiro faz o plantio e cultivo das plantas, como poda e controle de pragas e doenças. Esses cuidados são fundamentais para manter o jardim bonito e saudável.

O que o paisagista faz?

O paisagista trabalha com o conceito e valorização da arquitetura. O ideal é que ele seja contratado antes da execução da obra, pois a arquitetura e o paisagismo caminham juntos. Porém, mesmo que seja contratado depois, ele é capaz de encontrar a melhor solução para as necessidades do cliente com a criação de um projeto paisagístico.

Projeto paisagístico

O projeto é composto inicialmente por um estudo preliminar, investigando as necessidades do cliente e os dados do terreno: morfologia, tipo de solo, orientação em relação ao sol e vegetação existente.

Com esses dados, é construído um anteprojeto. O paisagista apresenta desenhos em planta, com destaque para a visualização do jardim.

Após as considerações do cliente, podem ser acrescentadas algumas alterações e adaptações, definindo então o projeto executivo, que reúne todas as informações em plantas detalhadas. Nessa etapa são sugeridos sistemas de drenagem, irrigação, espécies de flores, equipamentos e iluminação.

Por último vem o projeto de plantio, especificando as vegetações e quantidades necessárias. Ele contém informações sobre adubação, poda e tratamento correto do solo, que irão guiar o jardineiro.

Para construir o projeto, o paisagista vai aplicar os seus conhecimentos sobre agronomia, topografia, geografia, geologia, botânica, irrigação e design. O resultado será um jardim funcional e um visual harmônico.

Quais as vantagens do paisagismo?

Ambientes que possuem paisagismo geram efeito tranquilizante, sensação de liberdade e de bem estar.

Também apresentam conforto térmico devido a sombra, respiração das espécies e ventilação. Além disso, uma casa com projeto paisagístico bem elaborado e executado é mais valorizada no mercado, aumentando o seu valor de venda.

Ficou claro o que é paisagismo? Dá até vontade de sair comprando algumas plantas, não é mesmo?

Lembre-se de que existem profissionais especializados para desempenhar essa função e capazes de trazer beleza, amplitude e aconchego ao seu lar.

Gostou do texto? Então assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos relacionados a esse tema!

Escreva um comentário

Share This